fbpx

7 Dicas para Linkedin em 2019: antecipe-se e consiga seu lugar no mercado de trabalho

Feito com carinho por:

Vinicius Rodrigues
8 de janeiro de 2019

Antes de tudo, o que podemos prometer com esse post é que as nossas dicas para o Linkedin serão práticas! Afinal, o tempo não está passando mais rápido mas, sim, 2019 está logo ali.

Todo mundo já sabe que o Linkedin é a porta principal para juntar o seu networking com a busca de recolocação profissional ou novos negócios.

Nem falaremos dos mais de 500 milhões de usuários ou como essa rede social é a maior rede profissional do mundo.

De fato, se todos esses dados soam estranhos e você ainda não sabe naaaaada sobre essa rede, fica tranquilo e acessa esse post que montamos explicando o que é o Linkedin desde do primeiro momento até o seu perfil ficar completo.

Esse conteúdo vai te ajudar a depois voltar para cá e entender melhor as dicas para o Linkedin que daremos, e como se antecipar em 2019 e sair na frente.

Sim, o nome do jogo é antecipação.

Queremos te ajudar a pensar desde agora o que você vai fazer de diferente para ter mais alcance, engajamento e conexões com alto valor no Linkedin.

Bem, chega de papo e vamos para as dicas!

#1 – Revise TU-DO já feito, para entender o que fará!

Do começo: o que você já fez nesses anos no Linkedin (supondo que você já use a rede social)?

Você já engajou com as pessoas?
Quais pessoas?
Quais eram os seus tipos de conexões?
Em quais grupos você estava?

Todos essas questões podem parecer uma análise burocrática e chata, mas acredite, não é.

A nossa filosofia aqui na Knowhow é a de analisar cada aluno que temos no curso do Me Escolhe RH Emprego.

Quando fazemos essa análise, abrimos os olhos para outras oportunidades que sempre estiveram ali e não foram vistas por esses alunos..

Por isso, antes de tudo:

1 –  Dê uma pesquisadinha rápida no que você já fez no Linkedin até agora.
2 –  Entenda quais dessas coisas foram boas para os seus objetivos e quais só gastaram o seu tempo.

Você pode ver isso através das curtidas e do engajamento que cada ação feita recebeu.

Para ter uma noção maior das suas atividades, você pode acessar esse link aqui e ver o registo do que você já fez.

#2 – Sobre fotos de perfil: mais é menos

Uma dica para o Linkedin que pode te ajudar muito é manter a foto do perfil de uma forma simples.

Você não precisa de uma super mega produção Hollywoodiana para ter uma simples foto de perfil (não é isso  que as suas conexões de alto valor ou o RH quer ver, acredite).

imagem com dicas para o Linkedin em 2019

Você precisa simplesmente de uma foto impactante, porém simples. Nos últimos anos vimos exemplos de profissionais que erram a mão em diversos pontos na hora de criar sua foto de perfil.

Mude a sua foto em 2019, mas utilize essas dicas abaixo para te ajudar na hora tirá-la:

1 – Mantenha um fundo simples (cor branca, cinza ou preta). Quanto mais básico o fundo, mais “limpa” a foto irá ficar e mais destaque você terá
2 – Tente evitar o flash, uma foto natural deve servir. O truque aqui é saber qual iluminação utilizar. Quer tirar a sua foto ao luz do dia? Teste algumas vezes até a luz ser suficiente para que a foto ocorra sem precisar do flash.
3 – Evitar as selfies também é importante. Não existe uma regra para isso, mas você enviaria uma selfie em seu currículo? Dificilmente não é? Pois, é. Então no Linkedin também não.
4 – Saiba se vestir de acordo com a sua profissão. É um advogado, então ok usar terno, porém para outras profissões como um designer, uma roupa mais descolada serve. A ideia aqui não é impressionar com roupas caras, e sim estar de acordo com o seu mercado de trabalho.

#3 – Torne-se um devorador de conteúdo do Pulse (tem a ver com a próxima dica…)

Parou, parou! Você ainda não sabe o que é o Pulse no Linkedin? Não acredito. Dá uma olhada nesse link e vê como a Linkedin Pulse pode te entregar conteúdo relevante e de uma forma fácil.

Agora, se você já sabe, é hora de devorar conteúdos lá diariamente. E tem um sentido para essa dica para o Linkedin que estamos dando.

Sabe quando você está em uma mesa conversando com vários amigos e eles estão falando sobre assuntos que você domina e o papo flui maravilhosamente?

Isso acontece porque você está atualizado com esses assuntos.

O Linkedin é um portal de oportunidades de Networking, mas também oferece conteúdo de qualidade e relevante para o seu mercado de trabalho.

Aconselhamos a seguinte rotina:

1 – Em alguma parte do seu dia pare tudo que está fazendo e abra o Linkedin.
2 – Você vai gastar algo em torno de 30 minutos lendo 2 conteúdos dentro do Pulse, entendendo sobre o que eles são e engajando com eles.
3 – A forma de engajamento pode ser através de um comentário, um argumento, um insight. Contanto que ele seja valioso, tá valendo comentar.

A lógica é bem simples: você precisa se manter atualizado para conseguir engajar, o que nos leva para a próxima dica para o Linkedin

#4 – Torne-se o REI do engajamento do Pulse

ALERTA: vá com calma na hora de ler essa dica rs


Se você seguiu o que falamos acima, vai com certeza entender agora. O Pulse é uma forma de comunicação sua com todo o restante do Linkedin.  Um canal de comunicação único.

Começar a escrever lá é bem fácil (e você encontra como no link que colocamos acima) e super importante para você começar 2019 com o pé direito na rede,

Se você não sabe como, não tem problema, vamos te explicar abaixo.

Você pode começar por aqui:

1 – Crie um cronograma para você escrever, algo como: todo o sábado a tarde você escreve um post e na segunda de manhã você publica.

2 – Crie apenas conteúdos que sejam incríveis. Não adianta sair postando qualquer coisa de qualquer forma. Pense que no mínimo o seu conteúdo precisa se destacar no mar de informações que a internet traz

3 – Fale sobre as suas experiências, o mercado que você atua, tendências do momento, tópicos relacionados a sua área de atuação, etc. Não esqueça de sempre trazer um ponto de vista novo e ser educado na hora de expor sua opinião ou visão sobre algo.

4 – Analise quais conteúdos funcionam melhor. O seu linkedin é feito de conexões e essas conexões são a sua audiência. Você pode analisar quais conteúdos engajaram mas gerando comentários e curtidas. Basta acessar: Perfil > Artigos e olhar todos os seus conteúdos lá, com os dados.

#5 – Seja presente em todos os grupos que te interessam

Se você já utiliza o Linkedin, já sabe que existem grupos lá sobre praticamente tudo. A ideia é que você utilize os melhores grupos para a sua carreira e mercado de trabalho específico. É uma forma de trocar informações e se conectar com novos profissionais da sua área.

Ok, mas será que você REALMENTE engaja com esses grupos? Será que realiza networking de uma forma full com os integrantes desses grupos?

Apenas apertar o botão de “participar” não significa que você extrai o melhor que o grupo tem a te oferecer.

imagem de conteudo com dicas para o Linkedin em 2019
Na verdade, se você não engaja, está perdendo uma boa fatia da parte boa (o networking).

A dica para o seu Linked em 2019 é que você ponha metas de engajamento para cada grupo que você segue.

Por exemplo: que tal fazer uma divulgação de um link sobre um conteúdo seu no Pulse em alguns grupos que você participa? Ou, de repente, por quê  não criar tópicos e levantar “novas conversas profissionais” dentro desses grupos?

Bem, acho que você já pegou a ideia: engajar com o grupo, de uma forma prática, e semanal. Dessa forma você vai realizar networking, ao mesmo tempo que aprenderá mais com o seu mercado de atuação.

Com as dicas para o seu Linkedin em 2019 você vai fazer diferente (e melhor)

Acho que já deu para entender que as nossas dicas para o Linkedin em 2019 se tratam de repensar tudo o que já foi feito, ao mesmo tempo que coisas novas e essenciais também aparecem.

O Linkedin não é um bicho de sete cabeças e pode te ajudar a conseguir uma recoloção profissional ou geração de novos negócios de uma forma surpreendentemente prática.

Basta você entender como essa ferramenta é, e como utilizar o melhor em todos os casos. Simples.

Uma dica final é você seguir outras pessoas que são profissionais respeitados na sua área e manter sempre o contato, mesmo que via Linkedin, com eles.

Quem sabe em algum momento um desses profissionais não te chama para uma parceria?

Se tiver ficado com qualquer dúvida ou caso tenha uma sugestão de dica para o Linkedin que não esteja aqui, é só deixar nos comentários abaixo.

Até a próxima!

2019-01-08T21:06:57+00:00