fbpx

A importância do estágio supervisionado

Feito com carinho por:

Gabriel Porto
5 de novembro de 2018

Rocky Balboa,
Senhor dos Anéis,
Tartarugas Ninjas,
Star Wars,
Batman,
Harry Porter… 

O que que esses clássicos das telinhas têm em comum? Sim… todos eles têm um mestre ou personagens com uma grande sabedoria, que às vezes sumiam, falavam frases fora do contexto, mas que no final fazia todo o sentido e esses personagens ficaram marcados no nosso coração.

Mickey (técnico do Rocky), Gandalf, Mestre Splinter, Yoda ou Obi Wan Kenobi (escolha o seu favorito), Ra´s Al Ghul (mestre do mau que treina o Bruce Wayne), Alvo Dumbledore… todos seres sábios que escolheram um aprendiz, ou vários, para desenvolver seus talentos e habilidades e salvar o mundo.

Acho que deu para entender que, para você salvar o mundo, você precisa de uma grande pessoa ao seu lado. Tá… fui longe demais, você não precisa salvar o mundo (mas se quiser, eu acho isso muito nobre da sua parte).

O que eu quero dizer é que para crescer profissionalmente você precisa achar um mentor, e essa pessoa linda e maravilhosa pode estar a um estágio supervisionado de distância.

O que é o estágio supervisionado?

O estágio supervisionado é um dos momentos mais importante no começo da sua carreira e formação profissional.

É nesse momento que você pode ter os primeiros contatos com a realidade profissional na carreira que você escolheu.

A importância do estágio supervisionado vai além do contato com a realidade profissional.

É nessa hora que você começa a montar a sua rede de networking e pode encontrar o seu grande mestre Jedi que irá te ajudar a desenvolver as suas habilidades e competências essenciais para você crescer no mercado de trabalho.

estágio supervisionado imagem1

Algumas leis sobre o estágio supervisionado

Em alguns cursos de graduação ou cursos técnicos, o estágio supervisionado é obrigatório para a conclusão do curso.

Esse assunto é muito importante, tanto que existe uma Lei para regulamentar o estágio curricular supervisionado. A legislação mais atual, a Lei nº 11.748 de 25 de setembro de 2008  (clica aqui para ler a lei completa) permite estagiar quem estiver frequentando oensino regular em instituições de educação superior, educação profissional, de ensino médio, da educação especial e dos anos finais do ensino fundamental, na modalidade profissional da educação de jovens e adultos.”

Já o jovem aprendiz tem um “contrato de trabalho especial, em que o empregador se compromete a assegurar ao aprendiz formação técnico-profissional metódica, compatível com o seu desenvolvimento físico, moral, psicológico, e o aprendiz a executar, com zelo e diligência, as tarefas necessárias a essa formação.”   

O mais legal do jovem aprendiz é que você consegue estagiar a partir dos 14 anos de idade, ou seja, você que tá no ensino médio já pode pensar em virar um pequeno Padawan. (Desculpa, não consigo parar com as referências de Star Wars)

A experiência do estágio supervisionado

É no estágio supervisionado que você tem a chance de colocar em prática o que você aprende na teoria.

Além da experiência adquirida, alguns estágios e trabalhos (como Jovem Aprendiz) são remunerados. No caso do estágio, você não recebe um salário, e sim uma bolsa-auxílio. Nos outros casos, você recebe um auxílio com vale-transporte também. O estagiário não possui vínculo empregatício com a empresa e o contrato não pode ultrapassar 2 anos de duração.

No caso do Jovem Aprendiz, o jovem contratado tem um vínculo empregatício com a empresa e isso deve ser anotado na carteira de trabalho e, assim como no estágio, o contrato não pode passar de 2 anos. Em alguns casos o estudante pode receber seguro-desemprego.

estágio supervisionado imagem3

Como você é sagaz e quer alcançar a excelência em tudo que faz, vai se dedicar muito porque esse estágio pode virar o seu primeiro emprego.

Como assim? A duração máxima do estágio é de dois anos, por isso você corre o risco (um bom risco, no caso) de ser efetivado. Se você mandar bem no seu estágio e conseguir fazer um bom trabalho, seu chefe pode te contratar de forma definitiva para a empresa.

O jovem brasileiro já sofre muita pressão no Ensino Médio. Ele precisa escolher a profissão e carreira que exercerá durante toda sua vida antes de completar 18 anos de idade. Muitos não estão preparados para isso e o estágio se torna um grande aliado para saber se sua escolha foi a ideal.

Como o estágio é o seu primeiro contato com o mercado de trabalho, você consegue determinar no começo do curso se é aquilo mesmo que você quer fazer profissionalmente.

Caso você não goste da tarefa e das atividades do seu estágio, é possível pedir transferência de área dentro da própria empresa. Aqui na Know-How, já aconteceu da empresa contratar a estagiária para produção de conteúdo e ela acabou se tornando a melhor vendedora da empresa.

Entendeu a importância do estágio supervisionado?

O estágio é uma das etapas mais importante da sua vida profissional.

Aqui mesmo listamos várias vantagens do estágio supervisionado: você vai ter seu primeiro contato profissional, vai começar a montar sua rede de contatos, vai saber se a sua escolha foi a correta e vai conseguir ganhar aquele seu dinheirinho para suas festas, compras e tudo que o dim-dim pode comprar.

Agora deve tá passando na sua cabeça: “Por onde eu começo?” ou “Será que eu sou bom o suficiente para conseguir um estágio?”

Tenho duas excelentes notícias para você. Aqui na Know-How já separamos as principais plataformas e sites que anunciam vagas de estágio e vagas para o programa de Jovem Aprendiz. (link do texto CIa de talentos)

A segunda dica é: toda empresa sabe que o estagiário não tem experiência.

Por isso, nunca desanime e mande o seu currículo para as empresas.

Esteja preparado. Seja Know-How. 

2019-01-04T22:08:25+00:00