Descubra o que é autoconhecimento através de frases famosas!

Feito com carinho por:

Vinicius Rodrigues
17 de outubro de 2018

“Conhece-te a ti mesmo”.

Você já deve ter escutado essa frase ou, talvez, a visto em uma legenda de selfie no instagram.

Pois é… Sócrates já sabia há centenas e centenas de anos que o ser humano que conhece seu potencial pode chegar mais longe.

Essa frase tem uma continuação que não é muito empregada mas é fundamental pra entender seu significado: “….  e conhecerás o universo e os deuses”.

Ou seja, antes de olhar em volta de você em busca das respostas, procure olhar pra dentro.

Quem somos nós para querer complementar Sócrates, mas bem que poderia ser: “Conhece a ti mesmo, e conseguirá um estágio em menos de um mês…”

É, não é por nada não, mas esse é um dos conceitos mais importantes e antigos do universo: o autoconhecimento.

O olhar pra dentro.

E não foi só Socrátes quem percebeu a importância do autoconhecimento ao longo da nossa história, não.

Essa foi só uma introdução do que nossos pensadores deixaram de legado pra gente.

Se esses mestres deixaram todos esses ensinamentos escritos bonitinhos pra nós, meros mortais, vamos entender o que é, afinal de contas, o tal do autoconhecimento de forma leve e descontraída com eles.

Por isso, relaxa, respira e vamos entender como o autoconhecimento pode te ajudar. Deixe os pensamentos fluírem livres e sem julgamentos numa linha do tempo para entender como se autoconhecer pode te ajudar no mercado de trabalho agora mesmo!

importancia do autoconhecimento frases 1

Freud explica (e nós explicamos o Freud) – Século 19

Para quem não conhece o Freud direito, com certeza já ouviu a famosa frase: nem Freud explica. Sigmund Freud foi um médico neurologista e criador da psicanálise.

Ele é responsável por frases, como: “a felicidade é um problema individual. Aqui, nenhum conselho é válido. Cada um deve procurar, por si, tornar-se feliz”

Já vamos começar a nossa linha do tempo com uma lição de moral bastante importante e atual.

Afinal de contas, felizes todos queremos ser, mas será que fazemos esforço suficiente cuidando das nossas próprias vidas pra chegarmos ao nosso objetivo final?

Quando você chega cansado da faculdade, cheio de coisas para fazer e trabalhos para entregar, será que realmente se dedica para encontrar um estágio que vá fazer a diferença na sua vida?

Como o próprio Freud disse, a felicidade é algo individual e depende da sua vontade de chegar lá e procurar por si só.

Por isso, nada de culpar o mercado de trabalho, as empresas ou simplesmente a sua falta de experiência.

Corra atrás da sua felicidade, ela é a sua responsabilidade!

Um dos maiores pensadores espíritas: Allan Kardec – Século 19

Para quem também não conhece, Allan Kardec foi um dos mais influentes educadores da sua geração. Além de  educador, autor e tradutor francêsfoi um importante propagador da doutrina espírita e… do autoconhecimento.

Uma das suas frases mais conhecidas: “estude a si mesmo, observando que o autoconhecimento traz humildade e sem humildade é impossível ser feliz.

Ainda sobre felicidade, reconhecer suas falhas não é sinônimo de fraqueza.

Não pra quem pratica o autoconhecimento.

Engana-se quem pena que esse exercício diário se baseia em apontar nossos valores somente e com isso, traçar nosso desenvolvimento pessoal em busca de felicidade.

Ser humilde é uma ferramenta importantíssima nesse processo.

Ás vezes quando queremos muito alguma coisa, como um tirar uma nota boa em alguma matéria ou desenvolver uma boa monografia, esquecemos de perguntar, questionar e pedir a ajuda quando necessário.

A humildade é um dos maiores motivadores do autoconhecimento. Se curvar sobre o que você não sabe faz com que você descubra coisas novas.

Evolua.

Expanda.

E se desenvolva em novas áreas.

Esse tipo de mindset te ajudará na só na faculdade, como também no seu primeiro estágio e na sua vida profissional como um todo.

Por isso, reconheça suas fraquezas, se autoconheça e aperfeiçoe-se cada dia mais.

O analista Carl G. JUNG  e a busca pela compreensão de si mesmo – Século 19 

Carl Jung foi um dos principais psiquiatras  da sua época, sendo um dos discípulos de Freud e o psicoterapeuta suíço que fundou a psicologia analítica.

Uma das suas frases que mais explica sobre o autoconhecimento, diz: “tudo que nos irrita nos outros pode levar-nos a uma melhor compreensão de nós mesmos”

Vamos entender essa frase com um exemplo rápido: sabe aquele seu colega que parece ser perfeito em tudo? Notas boas nas matérias, conseguiu um estágio logo no começo da faculdade, está desenvolvendo uma carreira, etc?

Se isso te incomoda de alguma forma, pode ser um reflexo da sua personalidade, e não da dele.

Muitas vezes, não nos colocamos no lugar do outro.

A nossa visão é a única válida e isso nos impede de ver mais além e compreender outras perspectivas diferentes.

De repente, ele tira melhores notas pois no final de semana opta por estudar ao invés de ir em chopadas. Talvez, ele tenha arranjado um estágio mais rapidamente pois se dedicou em fazer cursos que gerarão referenciais.

De qualquer forma, se pôr no lugar de alguém é sempre válido. Até porque empatia é uma das qualidades bem-vistas no mercado de trabalho e com certeza pode te ajudar na hora de conseguir um estágio.

E, sinceramente, vai ver você também está irritando outra pessoa com a mesma atitude, mas esta se preocupa  demais julgando uma terceira ao invés de se auto avaliar.
Com o autoconhecimento, estamos livres da necessidade de encontrar falsos responsáveis por nossas falhas.

“Uns sapatos que ficam bem numa pessoa são pequenos para uma outra; não existe uma receita para a vida que sirva para todos” (C. G. Jung)

Tive que pegar mais essa frase belíssima do Jung que fala por si só.

Ralph Waldo Emerson, o poeta multitarefa – Século 19 

Escritor, Poeta, Filósofo, ensaísta americano, influenciou as obras de vários autores norte-americanos.

Ralph pregava a autenticidade:

“Insiste em ti mesmo; nunca imites. A todo o momento, podes exibir o teu próprio dom com a força cumulativa de toda uma vida de estudo; mas do talento imitado de outro tens apenas posse parcial e momentânea.”

Na vida profissional, a autenticidade é imprescindível para o sucesso.  Principalmente na hora de conseguir um estágio.

Um universitário autêntico é capaz de pensar criticamente e tomar decisões que, no primeiro momento podem parecer as mais difíceis, mas vão ao encontro dos seus planos pessoais.

Acredite, quando você precisar trabalhar um pouquinho além do seu horário de estágio, mas visando entregar um projeto que vai te deixar bem na fita para o seu chefe, aí você vai entender o que é insistir em si mesmo!

Ah, outro ponto: é importante ter sempre em mente que mudar de opinião, de caminho, não distorce sua autenticidade, mas sim, agrega sua maturidade.

Burrhus Frederic Skinner – O cara que ninguém conhece, mas todos utilizam suas ideias – Século 20

Burrhus foi um autor e psicólogo norte-americano, conhecido pela proposta Hierarquia de necessidades de Maslow.

Essa pesquisa é uma das mais importantes (mas falaremos disso em outro post). Mas, voltando ao autoconhecimento: você já fez perguntas a si mesmo?

Skinner já entendia a necessidade dessa prática desse o século 20. Veja:

“O autoconhecimento tem um valor especial para o próprio indivíduo. Uma pessoa que se tornou consciente de si mesma, por meio de perguntas que lhe foram feitas, está em melhor posição de prever e controlar seu próprio comportamento” (Skinner)

Oprah Winfrey – Uma das mais influentes mulheres negras da atualidade – Século 21

Nossa musa é apresentadora de televisão, atriz e empresária norte-americana, vencedora de múltiplos prêmios Emmy.  Sim, a Oprah é uma mulher f***!

Ela teve uma infância difícil e hoje é considerada umas das personalidades mais importantes dos Estados Unidos.

Por isso, ela se mostra fã de uma frase que diz tudo por si só:

“Você se torna o que você acredita”

Um grande amigo do autoconhecimento é a autoconfiança. E já lanço logo a pergunta: o quanto você confia em si mesmo?

Não estou dizendo pra você se gabar das suas qualidades, até porque pessoas que são autoconfiantes em excesso (tudo em excesso faz mal, diga-se de passagem), ficam apenas na sua zona de conforto e, por não explorarem o novo, quando se deparam com ele, não sabem como agir.

Mas, o quanto você acredita em si de uma forma natural? Desenvolver autoconfiança é passar autoconfiança na hora de uma entrevista de estágio. É passar segurança para quem está te entrevistando.

E isso pode ser desenvolvido, também, através do autoconhecimento e da busca contínua pelo crescimento como ser humano. Acreditar em si mesmo nos desenvolve individualmente, nos arriscamos a ir mais longe do que quando julgamos que não somos capazes e crescemos!

Então, vamos crescer?

Hora de impulsionar o seu autoconhecimento agora mesmo!

importancia do autoconhecimento frases 2

Espero que essa leitura tenha sido agradável e que impulsione a sua busca pelo autoconhecimento!

Já deu pra entender que não é um bicho de sete cabeças, e sim uma prática diária e, pra muitos, inclusive pra mim, prazerosa.

Pratique o autoconhecimento agora mesmo! Entenda como aqui!

Se você me permite, termino com uma frase do nosso mestre Caetano Veloso (que dispensa biografia) e que será, provavelmente, minha próxima legenda de selfie no insta: “Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é”.

(Caiu até uma lágrima aqui)

Até a próxima!

Me-Escolhe-RH-Curso-para-Processo-Seletivo-de-Emprego-Estágio-e-Trainee
Simule-a-sua-entrevista-de-emprego-com-o-Entrevista-Express
Correção-de-Currículo-Express-tenha-um-currículo-lindo-em-menos-de-24-horas