Como falar em público: As 6 dicas mais importantes!

Feito com carinho por:

Caio de Lima
4 de outubro de 2018

“De que forma consigo aprender como falar em público e perder a timidez de vez ?”

Acredite, ouvimos essa pergunta o tempo todo aqui na Know-how.

Mas, diferente do que você possa pensar, não existe uma fórmula mágica para beber e se tornar extrovertidão!

Mas vamos do começo. Você já sabe que somos um curso focado em ajudar universitários a entrar no mercado de trabalho e desenvolver carreiras de sucesso em suas áreas.

Dito isso, fica óbvio que já sabemos e lidamos com os problemas mais comuns que esses universitários têm na hora de conseguir um estágio.

Disparado, a dúvida que mais aparece é: como se comunicar com a empresa (entrevistador), passando uma boa impressão e evoluindo nas fases do processo até conseguir o estágio?
Até que pensamos: pera lá! Por que não criar um post com as 6 dicas que resolvem os problemas mais comuns que já ouvimos dos nossos alunos?

como falar em público imagem1

Como o objetivo da Know-how é qualificar com informações de ponta o máximo de universitários possíveis, essas informações podem te ajudar, ajudar o seu colega, e o colega dele, e o colega do colega do seu colega, e por aí(você entendeu!)

Então, no post de hoje você entenderá:

– de onde vem o medo de se abrir publicamente em uma comunicação positiva;
– como falar em público como um orador profissional;
– quais técnicas podem te ajudar na hora de acalmar os nervos e manter tudo sob controle.

Interessou?

Então, cola com a gente e vem aprender de uma vez por todas como falar em público!

Uma má notícia: você sempre terá medo

Errrrrr, odiamos dar más notícias.

Porém, é bem provável que você sempre vá ter medo de situações que envolvam um desconforto por sí só.

Sinceramente, quem nunca suou frio na hora de entrar em uma sala de aula e apresentar um trabalho na frente da classe toda?

Ou, de repente, quem não ficou tremendo ao ir ao dentista fazer uma consulta de rotina?

Esse tipo de reação acontece pois o nosso corpo (e mente) estão confortáveizinhos com a sua situação até que VRAU! Eles precisam pensar e agir em uma situação nova e tensa.

(Como é o caso de uma consulta no dentista ou uma apresentação de trabalho).

Isso não significa necessariamente que temos um problema, Inclusive…

Uma boa notícia: mas é possível lidar com ele

Não pense que pelo medo existir ele precisa necessariamente te paralisar.

Primeiro, precisamos parar de achar que ter medo é algo ruim ou que nos torna seres inferiores.

A primeira vez que eu passei por um processo de estágio eu suei tanto que a entrevistadora quase me perguntou se eu tinha feito uma corrida de 5km antes de entrar na sala.


Na décima entrevista, quando eu já estava bem mais treinado, tudo fluiu tão bem que eu consegui a vaga antes mesmo de chegar na última etapa.

O que diferenciou a primeira situação da décima foi a forma como eu lidei com o meu medo.

Ele existia nos dois momentos, porém quando eu já estava acostumado com a situação (e com ele) tudo se desenrolou de uma forma excelente e confiante.

“Então você está me dizendo que para eu entender como falar em público só preciso aceitar o meu medo?”

Você está 50% certo, caro padawan.

A aceitação do medo (e o autoconhecimento em si) é uma etapa principal para você conseguir lidar com emoções externas (aquelas que vem de fora para dentro).

Do momento que você aceita esse tipo de reação, está preparado para lidar com ela de uma forma muito mais segura.

Façamos um exercício rápido aqui: você pratica esportes?

Como foi a primeira vez que entrou em um campo, ringue ou piscina para treinar?  Você se sentiu com medo, certo? E como está agora? Bem mais confiante!

Por isso, aceite o medo. Ele é apenas uma reação a algo novo. E uma reação comum. Esse sempre será o passo 1 para se autoconhecer melhor.

Lutar contra ele é lutar contra si mesmo, e não há necessidade nenhuma disso.

O que nos leva para o próximo ponto!

Você não tem medo de falar, e sim de como será ouvido

Quando falamos especificamente de medos que envolvem uma exposição (como falar em público, por exemplo) a grande maioria dos estudantes tende a concordar com o que sugerimos, depois desse exercício que faremos agora.

Imagine que você está falando com o seu entrevistador e existem mais 5 concorrentes na sala.

Você fala com eloquência, segurança e com uma autoestima digna de um profissional.

Sabe desenrolar a conversa e levá-la ao seu favor.

Vai sentindo aos poucos o brilho nos olhos do seu entrevistador, como quem já dizia: essa vaga já é sua!

Você termina e VOILÀ, a melhor entrevista da sua vida, e o estágio provavelmente será seu.

O que te gera medo nessa situação?  

NA-DA, certo? 

É óbvio que não.

O seu medo não vem de falar ou desenvolver uma comunicação com o seu entrevistador ou em uma sala cheia de pessoas que querem a mesma coisa que você.

Ele vem da forma como você será ouvido e do fato de você já achar mandará mal nisso.

Se tudo ocorrer bem, você não tem porque se preocupar com o que está falando, certo? Afinal, está dando certo.

O mesmo exemplo se aplica para quem tem medo de altura.

Normalmente, esse tipo de fobia não acontece pela altura em si, e sim pela imaginação da pessoa que, normalmente, já se imagina caindo logo que chega perto da janela.

O problema não está na janela. Como não está na entrevista.

Consegue ver o quão irracional ter medo de algo que não aconteceu ainda é?

“Ah, então para eu entender como falar em público como um REI, preciso controlar a minha ansiedade?”

Pode acrescentar mais 10% na conta, pois você entendeu 60% do que é necessário para desenvolver oratória.

Controlar o medo (o nervosismo inicial de situações novas) e a ansiedade (o pensamento de que algo (ou tudo) dará errado) já representam mais que a metade do caminho para chegar lá.

Mas, o negócio da Know-how é te pôr na boa. Queremos que você consiga a vaga QUE QUISER e bem rapidinho.

Então vamos para as dicas.

Com elas, meu amigo, você vai mandar esse medo ir embora AGORA!

As 4 dicas práticas para perder o medo de falar em público agora

Ok, você entendeu sobre o medo, vai controlar a ansiedade, mas sente que faltam aqueles 40% para se tornar um mestre da oratória e mandar bem nas entrevistas de estágio, não é?

como falar em público imagem2
Tranquilo!

Vamos te passar esse caminho de uma forma facilzinha para que você entenda como falar em público sem medo.

#1 – Não saia falando, organize-se antes

Você sabe o que quer falar na hora da sua entrevista, certo?

Se você nem tem ideia de como começar a desenvolver uma conversa, então precisamos dar outro passo atrás.

Que tal, apenas se apresentar?

Dados simples, como: nome, idade, faculdade, período e motivação profissional são informações fáceis de serem passadas e úteis em uma entrevista.

De qualquer forma, se você já tiver uma estrutura do que deve ser dito, organize-a na sua cabeça por ordem de prioridades e pelas perguntas do seu entrevistador.

De nada adianta pensar que vai falar 10 minutos sobre as suas habilidades técnicas, e essa pergunta nem aparecer na primeira entrevista.

Por isso, pense calmamente no que você quer falar, utilize os dados básicos citados acima, e vá desenvolvendo cada assunto mediante o interesse do entrevistador.

De repente, ele ficará mais interessado em saber sobre as qualidades e defeitos do que no seu período da faculdade, por isso, vá sentindo o solo e avançando!

#2 -O seu sucesso já existe, basta você alcançá-lo

Perdoe o título de autoajuda, mas é um clichê que realmente funciona.

Em algum lugar (no multiuniverso de possibilidades) esse estágio já é seu.

O que você precisa fazer agora é pavimentar o caminho para alcançá-lo.

Uma das coisas que mais ajuda a entender como falar em público com confiança é visualizar esse caminho e acreditar que a vaga é sua.

Visualize-se falando tudo corretamente e vendo o brilho nos olhos do entrevistador.

Veja o momento que você receberá um feedback positivo da empresa para passar para a próxima fase.

Imagine o dia que você irá sentar na sua cadeira e receber o seu crachá, sendo um estagiário oficial.

Esse tipo de pensamento não só alimenta a positividade e os pensamentos que vão te impulsionar a acreditar em si mesmo, como também faz com que você pareça confiante.

E se você parece confiante, você fala com confiança.

E isso já ajuda bastante na superação do seu medo.

#3 – Saiba usar o silêncio ao seu favor

Um dos maiores receios que os nossos alunos têm na hora da entrevista de estágio é o silêncio.

Existe uma associação que quando um entrevistador não faz muitas perguntas, ou mantém o silêncio por muito tempo, ele não está interessado.

Analise o cenário conosco: o profissional de RH que vai te entrevistar fez uma triagem de 40 currículos (quando não mais) para a vaga específica.

Depois desse filtro, ele decidiu por 20 estudantes que poderiam ter o perfil da vaga.

Diversas entrevistas acontecem, ele chama em torno uns 4 por dia, em uma semana INTEIRA de entrevistas.

Agora, me responda sinceramente, se você fosse esse profissional, você não entraria na sala com foco para perguntar e responder APENAS o que você quer saber do seu candidato?

Por isso, às vezes o RH não está super falante, mas está te levando a sério.

Pode acontecer o contrário também, você entrar na sala da entrevista suuuuuuuper preocupado e nervoso e sair falando e aí do nada esquecer o fio do assunto e VRAU! BRANCO!

Calma, respira, se concentra.

Como falar em público não é fácil, você pode pedir um break.

Pedir um segundo para se lembrar ou respirar fundo não tem problema algum. Com esse tempinho você vai conseguir reestruturar os seus pensamentos e voltar para o seu raciocínio.

Além do mais, o RH vai conseguir ver que você controlou a sua onda e soube lidar com um momento de pressão (o que é super importante dentro de uma empresa).

Seja um silêncio do RH ou um silêncio do nada por causa de um esquecimento, sempre mantenha a calma e respire.

No final, vai dar certo. Basta você manter o controle!

#4 – Respeite, mas não se intimide pela sua concorrência

Pode parecer mentira, mas eu tinha medo de falar em público, principalmente em entrevistas de estágio. O pior para mim não era o ato de falar, isso eu era até razoável.

O problema era se eu não falasse antes de todos. Certa vez, um candidato muito mais qualificado falou antes de mim, o que me deixou extremamente nervoso.

Eu pensava: “o que eu posso falar agora, visto que esse cara é super completo e perfeito para a vaga?”

Eu respirei fundo e dei o meu melhor. Sabe o que é engraçado? Eu não passei para a vaga, mas ele também não. Uma outra candidata avançou para a próxima fase e provavelmente conseguiu a vaga.

Isso acontece pois ACHAMOS que sabemos o que o RH quer. Achamos que quando uma entrevista é feita, a visão que temos de nós mesmos e dos outros é a mesma visão da empresa.

Erro rude, erro feio.

O que o entrevistador quer é conhecer melhor os candidatos. Ele sim pode e irá definir quem se adequa melhor à empresa.

Talvez aquele profissional super qualificado que falou antes de mim simplesmente não tinha uma habilidade essencial para a empresa.

Talvez a empresa não buscasse qualificação, e sim vontade de aprender, o que pode ter sido visto na outra candidata.

De qualquer forma, ficar nervoso fazendo um comparativo com a sua concorrência é uma das coisas mais sem sentido que podem acontecer em uma entrevista de estágio.

Respeite os seus colegas, os ouça com atenção (até para você entender como o mercado está), porém não se intimide por isso.

Na sua vez de falar, tome o seu tempo, respire e vá com calma. Destaque os seus pontos positivos, saiba se vender.

Não é por que um candidato é melhor em uma coisa ou duas, que ele vai ser melhor para a vaga.

Vá por mim, eu vi isso!

Já consegue ver como perder o medo e entendeu como falar em publico?

Com certeza você está mais preparado agora para uma entrevista do que antes. Vamos dar aquela recapitulada rápida?

como falar em público imagem3

1 – Aceite o seu medo. Ele é algo positivo e você pode lidar com ele.
2 – Controle a ansiedade. Não sofra por algo que ainda não aconteceu, tudo pode sair melhor do que você espera.
3 – Pense sempre antes no que irá falar. Não saia disparando que nem uma metralhadora. Tenha um plano sobre o que falar.
4 – Crie uma visão de sucesso. Acredite que você irá conseguir, seja positivo. A crença é uma boa parte do caminho andado no processo.
5 – Utilize o silêncio ao seu favor. Não tenha medo de uma entrevista mas quieta. Saiba a hora de falar, de ouvir e de se manter em silêncio.
6 – Entenda a sua concorrência, mas não a tema. Venda o seu peixe, não fique achando que é menor ou que não vai conseguir a vaga por causa de outro candidato mais qualificado. Quem decide isso é o RH.

Bem, espero que as nossas dicas tenham te ajudado a enxergar como falar em público de uma forma tranquila, e a utilizar isso ao seu favor.

Se quiser mais dicas para passar na entrevista do estágio dos seus sonhos, clique aqui!

Esteja preparado. Seja Know-how.

Me-Escolhe-RH-Curso-para-Processo-Seletivo-de-Emprego-Estágio-e-Trainee
Simule-a-sua-entrevista-de-emprego-com-o-Entrevista-Express
Correção-de-Currículo-Express-tenha-um-currículo-lindo-em-menos-de-24-horas